Gerir um clube profissional é algo muito mais sério do que fazer uma aposta. Mas a atual diretoria do VITÓRIA resolveu fazer algumas apostas em atletas estrangeiros, que quase sempre necessitam de tempo para a adaptação, como foi os exemplos dos argentinos Meli e Bou.

Talvez ansiosa em encontrar bons resultados dentro do campo, a diretoria do VITÓRIA procurou agradar a torcida e apostou alto gastando muito dinheiro, maximizando a receita, e pior, sem resultado algum.

Os atletas são bastantes procurados por clubes argentinos, o que mostra que devem possuir alguma qualidade técnica, algo que não mostraram aqui. Meli teve a rescisão já concretizada e Bou está bem próximo de voltar para casa.

PREJUÍZO.