A DÍVIDA COM OS ATLETAS EXPÕE O DESASTRE QUE VÊM SENDO AS ADMINISTRAÇÕES DO ESPORTE CLUBE VITÓRIA

Foto: Divulgação/Correio

Uma mostra do resultado do que é o VITÓRIA após as últimas administrações, recheadas de renúncias e eleições, e ainda o clube classificando-se sempre na 16ª colocação da Série "A" sempre no sufoco, hoje o clube que se orgulhava de manter suas contas em dias, porém devido ao maus planejamentos dos anos de 2016, 2017 e 2018, quando os gastos com contratações excedeu a coerência e a responsabilidade administrativo-financeira, tratando as coisas do clube de forma amadora contratando atletas caros em condições técnicas e físicas duvidosas, que mesmo com toda grana da venda de Marinho e Trelez o dinheiro foi mal investido e acabou. Hoje o VITÓRIA caiu para a segundona onde o orçamento e bem menor, e ainda o clube tem uma dívida com os atletas relativos a salários, valores dos direitos de imagem, quantia referente às férias e ainda décimo terceiro.

Durante o dia de hoje ouvimos nos programas esportivos das rádios de nossa cidade e os debates sobre a ação judicial do atleta Léo Gomes pedindo rescisão do contrato pelo não cumprimento do acordado por parte do VITÓRIA. O que mais se falou foi sobre a PUNIÇÃO do atleta.
Uai!!!
O VITÓRIA cumpriu com o seu dever de empregador?! Nós perguntamos.

Neste caso o clube teve muita sorte em a Justiça ter negado o direito de rescisão a Léo. Ele pode ter até desistido de ter entrado na Justiça, mas que ele tinha direito, ah! isso ele tinha.

A diretoria deve correr e quitar imediatamente tal dívida, e como já dissemos em nosso site, e consequentemente mudar a mentalidade do clube em relação a gestão.   

Enviar um comentário

0 Comentários